Medo de dirigir – Como superar?

Exame psicotécnico, aulas teóricas, aulas práticas, exame psicológico e por aí vai. São várias as exigências para que se possa ser aprovado para ter a famosa CNH, Carteira Nacional de Habilitação.

No entanto, também não é nada incomum encontrar pessoa que tem um verdadeiro medo de dirigir. Alguns até conseguem passar no exame, mas acabam tendo dificuldade na hora de tomar o volante, enquanto outros paralisam antes mesmo, não conseguindo nem a aprovação nos testes.

como superar o medo de dirigir

O que acontece é que ter uma habilitação é algo importante e pode ser muito útil. Sendo assim, é preciso encontrar formas de vencer esse medo e assumir o controle das situações.

Então, se você quer aprender como superar o medo de dirigir, continue lendo e veja os detalhes.

Superando o medo de dirigir

Se você quer saber como perder o medo de dirigir, a primeira coisa que precisa saber é que vencer um medo não é algo simples e mesmo com a habilitação na mão e o carro na garagem, nem sempre é fácil encarar o trajeto.

No entanto, é fato que existem algumas dicas e passos que você pode seguir para conseguir melhores resultados.

Mas antes, vamos entender a diferença entre insegurança, medo e fobia:

A insegurança é um fator mais ligado com a falta de conhecimento e quando não se sabe muito sobre um assunto, é normal sentir-se assim.

Já o medo é aquilo que faz o corpo ficar em estado de alerte frente a uma situação real de perigo. Se você vê um animal feroz pronto para atacar, o que você sente naturalmente é medo!

Já a fobia é um medo exagerado de alguma situação ou objeto que, nem sempre, representa um perigo real. Se você não consegue ficar em um mesmo ambiente com uma barata, por exemplo, é uma fobia, pois quem corre mais risco é o inseto.

Dica para superar o medo de dirigir

Alimentar o medo e ficar sentado esperando ele passar não é a solução. Por isso, uma das principais formas de superar esse problema é enfrentando de frente o medo de dirigir.

Claro que você não precisa pegar o carro no horário de pico e ir para uma avenida super movimentada. No entanto, precisa se expor ao problema, dirigindo em ruas tranquilas, com pouco movimento e poucos minutos por dia.

Se você mora em um bairro tranquilo, dar uma volta na quadra a cada dia já pode ser uma grande superação.

Outra dica essencial é procurar ajuda profissional, lembrando que hoje a internet oferece alguns cursos especialmente voltados para quem quer superar o medo de dirigir e ter mais autonomia!

Quem tem diabetes tipo 2 controlado pode parar de tomar o medicamento?

Então, o diabetes é uma doença ainda cercada de muitas dúvidas e desconhecimento. Uma das maiores dúvidas, no entanto,é em relação ao seu tratamento.

Não raro, alguém questiona se a doença tem cura, se tem controle, se é preciso tomar remédio a vida toda.

Pensando nisso, resolvemos ajudar com esse artigo, onde responderemos essas questões, e outras dúvidas relacionadas ao diabetes.

Tipos de Diabetes

Muita gente ainda não sabe que o diabetes pode ser de deferentes tipos, sendo os mais comuns o 1 e 2.

O Diabetes tipo 1 é uma doença crônica, ou seja, a pessoa já nasce com ela ou com predisposição, desenvolvendo-a em alguma fase da vida.

Nesse tipo de diabetes, o corpo não produz insulina. ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz, sendo necessário o paciente injetar diariamente a insulina prescrita pelo médico.

Já, o diabetes tipo 2 ocorre quando o corpo não aproveita adequadamente a insulina produzida, tendo sua causa diretamente relacionada ao sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos elevados, hipertensão e hábitos alimentares inadequados.

Por isso, nesse tipo de diabetes, é essencial manter acompanhamento médico para tratar, também, dessas outras doenças, que podem aparecer junto com o diabetes.

Quando parar de tomar remédio?

É preciso saber que, até pela gravidade da doença e de suas possíveis complicações com qualquer descuido com a mesma, mesmo com os níveis de glicemia normalizados, quem tem diabetes precisa manter o uso dos remédios.

Bio Mass Caps é um medicamento natural para controlar o nível de açúcar no sangue, por ser natural não tem contraindicação ou efeitos colaterais e portanto é um ótimo aliado, desta forma se você não gosta dos remédios por conta dos devidos efeitos negativos, caso pare com alguma medicação você pode e deve manter esta opção de tratamento natural, para saber mais a respeito dele leia o artigo abaixo:

http://www.pontolit.com.br/biomass-caps/

É fundamental que medicamentos só sejam suspensos, ou alterados, em casos de ajuste de doses ou mudanças do tipo da droga, o que só pode ser feito pelo médico.

Vale entender que parar a medicação por conta própria pode levar ao descontrole da doença, e com isso, causar diversos problemas em curto prazo, como cansaço, fome, sede, vontade de urinar excessiva e perda de peso.

Vale saber que, segundo a SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), o diabetes tipo 2 é a forma mais comum da doença, atingindo cerca de 90% dos casos.

Por isso, no caso de ser diagnosticada a doença, além de não poder deixar de tomar regularmente os medicamentos indicados pelo médico, é fundamental investir em outros cuidados, também, como praticar exercícios e seguir uma alimentação equilibrada.

Complicações do Diabetes

É preciso ter em mente que o  diabetes, se  não tratado corretamente, pode evoluir para formas mais graves, e ainda, apresentar complicações como:

  • Alteração de humor, ansiedade e depressão
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Problemas sexuais
  • Neuropatia Diabética
  • Doença renal
  • Pé Diabético
  • Problemas nos olhos
  • Glaucoma
  • Catarata
  • Retinopatia (não-proliferativo e proliferativo)
  • Pele mais sensível
  • Problemas arteriais e amputações

Por isso, é fundamental seguir corretamente o tratamento indicado pelo médico, justamente, para evitar possíveis complicações, podendo ser muito graves e até levar à morte.

Também, vale apostar em medidas simples, como jamais se automedicar e procurar manter, ou adotar, bons hábitos no dia a dia, como uma alimentação mais equilibrada e a prática de exercícios físicos regularmente, para controlar e prevenir a doença.

Estrias nas pernas

As estrias nas pernas podem ser um terror para muitas pessoas, visto que causam um grande abalo estético. O fato é que muitas pessoas aprendem a lidar com essa questão e não se incomodam, mas outras não e está tudo bem.

O que você precisa saber é que se isso é um problema na sua vida, não há nada de errado em querer resolver e é justamente sobre isso que vamos falar hoje.

O que são as estrias nas pernas?

De uma forma geral, as estrias são como cicatrizes causadas pelo rompimento de fibras de colágeno e elastina que ficam nas camadas da pele.

Normalmente elas acontecem quando a pele sofre um grande estiramento muito grande em pouco tempo, como ocorre na barriga durante a gestação, por exemplo.

No entanto, também é comum que surjam durante a adolescência, quando o corpo está se desenvolvendo, quando se ganha peso em pouco tempo e outros.

O mais importante é lembrar que o problema pode ser tratado, especialmente durante os estágios iniciais, quando a estria ainda tem uma coloração vermelha, rosada ou arroxeada.

Como evitar estrias nas pernas?

A principal forma de evitar esse problema, seja qual for a região do corpo, é sempre manter a pele bem hidratada. Isso não significa apenas usar cremes, mas também beber muita água.

Além disso, se alimentar bem, usar um bom hidratante corporal e fazer atividade física também podem ajudar muito.

Como tratar as estrias nas pernas

Pois bem, se você já tem as estrias nas pernas e agora quer saber como tratá-las, fique sabendo que existem alternativas, Silk Skin creme para estrias é a melhor delas.

No entanto, os resultados podem variar de acordo com a fase da estria, seu tamanho, a extensão do dano e a espessura da mesma.

Dito isso vamos conhecer algumas formas de tratar:

  • Ácido retinóico: pode ser em cremes usados em casa mesmo, pois atua estimulando a renovação celular e o colágeno.
  • Microdermoabrasão: estimula a região afetada e possibilita a reorganização dos tecidos, favorecendo o tratamento.
  • Infravermelho: a luz infravermelha penetra na pele aumentando a temperatura, o que causa um dano. Esse dano faz com que a pele tenha que se regenerar e estimula a produção de mais colágeno.
  • Laser ablativo e fracionado: ótima opção que também atua causando o dano térmico controlado, com a vantagem de que requer menos sessões.
  • Laser não-ablativo: feito com ponteiras especiais que não machucam a epiderme, então pode ser realizado a qualquer época do ano. No entanto, demanda um número maior de sessões.

O mais importante é que, seja qual for o tratamento escolhido para as estrias nas pernas, sempre faça com acompanhamento de um médico dermatologista.

20 Dicas Para Perder Peso Rápido 

Não existe mágica, para perder peso com saúde é necessário que o corpo gaste mais calorias do que consome, simples assim.

Por isso, quem deseja perder peso precisa mudar hábitos, estilo de vida. E é o que mostraremos aqui, algumas dicas e novos hábitos que deve adotar para conseguir perder peso rápido sem prejudicar a saúde. Confira.

Invista em alimentos que queimam a gordura

Embora não exista algum alimento que emagreça, alguns podem ajudar a emagrecer, e isso por estimular a queima de gordura. Alguns desses alimentos são o chá de hibisco, lichia, farinha de amora.

Aposte em alimentos que desincham

Alimentos com ação anti-inflamatória ajudam a desinchar, por isso, aposte naqueles ricos em ômega 3, como o salmão, atum, sardinha, arenque, cavala, linhaça, castanhas.

Aumente sua saciedade

A saciedade diminui o apetite, por isso, a dica é investir em alimentos ricos em fibras, que proporcionam saciedade. Frutas, cereais integrais, como arroz, trigo, centeio, cevada, aveia, feijões, lentilha, grão de bico, ervilha, chia, linhaça e semente de abóbora são alguns bons exemplos.

Acelere o metabolismo

Invista em alimentos com ação termogênica pois estimulam a queima de calorias, nesse sentido, vale apostar em pimenta, chá verde, canela, gengibre e café.

Também existem remédios natural como o detona gordura que ajuda acelerar o metabolismo para emagrecer mais rápido, se você ainda não conhece esse produto, recomendo que acesse detona gordura bula e leia todos os detalhes desse emagrecedor natural.

Se alimente a cada 2 horas

Procure fazer as três refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e dois ou três pequenos lanches, justamente, para manter seu metabolismo funcionando o dia inteiro, dar mais saciedade, diminuir a fome fora de hora e impedir que você exagere nas grandes refeições.

Invista em um cardápio equilibrado e variado

Para uma alimentação saudável, é preciso que haja equilíbrio de nutrientes e variedade de alimentos. Por isso, não deixe faltar no cardápio frutas, legumes, verduras, diferentes tipos de carnes, cereais, leguminosas (feijão, lentilha), leites e derivados.

Fuja das dietas restritivas

Comprovadamente, aquelas dietas que cortam drasticamente as calorias ou algum componente específico, como os carboidratos por exemplo, não conseguem ser levadas por muito tempo. Para perder peso com saúde e definitivamente, é preciso que haja variedade de alimentos, com todos os nutrientes que o corpo precisa.

Invista em chás

Alguns chás, como o chá verde, chá preto e o chá de canela, estimulam a perda de peso, e o chá de hibisco ainda  ajuda a não acumular gordura no abdômen.

Pratique exercícios físicos

Para queimar gordura e perder peso é importante investir em atividades aeróbicas como: caminhadas, corridas, bicicleta, dança, natação, entre outros.

Ganhe músculos

Praticar exercícios de força, como musculação e pilates, fará você ganhar músculos, o que e faz o corpo gastar mais calorias.

Fuja das dietas da moda

Fuja daquelas dietas que prometem o emagrecimento rápido, inclusive, a maioria leva à perda de músculos, o que é muito prejudicial para quem quer emagrecer e conseguir manter o peso.

Evite ou diminua o consumo de sal e açúcar

O sal, principal fonte de sódio, um mineral que em excesso no organismo aumenta o risco de hipertensão e a retenção de líquido. Enquanto o açúcar, se consumido em excesso, se transforma em acúmulo de gordura. Assim, evite ou pegue leve no açúcar, refrigerantes, doces, alimentos com farinha branca, como pães, massas e bolos.

Ouça os sinais do corpo

Procure ouvir seu corpo, sintomas como desânimo, fraqueza, indisposição, tontura, queda de cabelo, unhas fracas e quebradiças, flacidez e constipação intestinal podem ser sinais de está exagerando na dieta.

Fuja das gordura trans

As gorduras trans presentes em alguns biscoitos, sorvetes, bolos industrializados, entre outros alimentos não só aumentam o LDL (colesterol ruim para o organismo), como diminuem o HDL (colesterol bom), além também de aumentar os triglicerídeos, que podem ser armazenados no tecido adiposo.

Pegue leve na gordura saturada

Alimentos como carnes vermelhas, leite integral, manteiga e queijos, são ricos em gorduras saturadas, que ingeridas em excesso podem acumular gordura no organismo.

Fique de olho nos rótulos

Os rótulos dos alimentos indicam não só os ingredientes, como também, o número de calorias. Enquanto os carboidratos possuem 4 calorias por grama, as proteínas contam com 4 calorias por grama, e as gorduras com 9 calorias em cada grama.

Beba muita água

Consumir muita água ajuda a emagrecer de forma mais saudável. A dica é ingerir entre 30 a 35 ml por kg de peso corporal de líquidos, o que em média fica em torno de 2 litros por dia.

Pegue leve no álcool

Por ser uma substância tóxica para o organismo, o álcool exige muito do fígado, que acaba o metabolizando primeiro, o que favorece o acúmulo de gordura no organismo.

Identifique seu peso ideal

É através do Índice de Massa Corporal (IMC) que podemos avaliar o peso ideal de cada pessoa.  O IMC é calculado por meio do peso em quilogramas dividido pela altura ao quadrado (Kg/m²). Embora não mostre a proporção de gorduras e músculos do corpo, o IMC ajuda a identificar se o peso de uma pessoa está dentro do considerado saudável ou não.

Diminua o consumo diário de calorias

É matemática, para perder peso, é preciso gastar mais do que se consome. Porém, consumir menos que 1200 calorias por dia pode levar a problemas como fraqueza, desmaio, por isso, o ideal é comer de forma equilibrada, e fazer exercícios.

Varizes inflamadas sintomas

É grande a quantidade de pessoas que se queixam com alguns desconfortos e atribuindo-os as varizes inflamadas. Mas será que varizes inflamadas existem mesmo? De que se trata essa condição?

As varizes nada mais dão do que vasos sanguíneos dilatados e tortuosos, que ocorrem especialmente nos membros inferiores, que são pernas e pés.

Quando esses vasos sofrem processos inflamatórios, temos um quadro que é chamado de na medicina de flebite.

De uma forma geral, as flebites acontecem em varizes de maior calibre. No entanto, também podem acontecer em vasos normais.

Quais os sintomas das varizes inflamadas

As varizes inflamadas podem apresentar algum sintoma específico, ou também pode apenas acentuar os sintomas comuns das varizes.

Geralmente, os sintomas iniciais são a sensação de cansaço e de a sensação de peso nas pernas, você pode utilizar o creme varizes zero ao notar qualquer um destes sintomas.

Essas sensações podem surgir de uma maneira difusa, ou seja, não sendo possível identificar um ponto específico onde elas se originam.

Posteriormente, as varizes inflamadas tendem a apresentar sintomas bem localizados, que se manifestam bem onde as veias afetadas se encontram mesmo.

Nesses casos, é possível sentir uma dor mais intensa, aumento da sensibilidade ao toque na região, além da pele que fica avermelhada e quente, como é típico em uma inflamação.

Essa manifestação de sintomas é considerada persistente, podendo durar por até 2 meses em casos mais sérios.

Vale lembrar ainda que os sintomas tendem a ser mais intensos conforme a extensão do problema.

Como o quadro evolui?

A boa notícia é que normalmente as varizes inflamadas costumam se resolver de forma espontânea. Sendo assim, o tratamento visa mesmo é a diminuição dos sintomas para que se possa viver com mais qualidade.

É importante ressaltar que o tratamento só deve ser sugerido ou determinado por um médico.

Existe ainda a possibilidade de um quadro crônico, mas isso é bastante incomum. Nessas situações, recomenda-se o acompanhamento com cirurgiões vasculares e especialistas que possam passar orientações mais precisas.

Como aliviar os sintomas das varizes inflamadas?

O médico pode recomendar algum tipo de medicamento ou tratamento que ajude a aliviar a dor na região das varizes inflamadas. Quando ela é muito intensa, analgésicos podem ser de grande ajuda.

Mais do que isso, compressas, elevação das pernas e até mesmo caminhadas para estimular a circulação podem ser muito benéficas.

Se sentir confortável, você ainda pode massagear algum creme para varizes que ajude no alívio.

Para que serve a próstata?

A próstata pode ser considerada insignificante quando comparada as medidas do corpo, mas é um órgão muito importante para o homem na sua fase de reprodução.

Ela é uma glândula, também conhecida como glândula prostática, da estrutura genital masculina. Mede aproximadamente 3cm (altura), 2cm (largura) e 4 cm (comprimento). Pesa em torno de 20 gramas quando o homem chega na fase adulta e tem o formato de uma maçã.

Localiza-se dentro da pélvis e participa do sistema de reprodução masculino. Situa-se à frente do canal retal (final do intestino grosso) abaixo da bexiga.

No Interior da próstata passam o canal que leva a urina da bexiga para o pênis e os vasos deferentes, que são responsáveis pela condução dos espermatozoides para os testículos.

Apesar de ser considerado um órgão bem importante, pois sua função principal é proteger os espermatozoides, não é um órgão vital para manter a vida.

A próstata pode ser retirada (cirurgicamente) se surgir alguma doença grave (como câncer) sem que isto acarrete grandes transtornos para o paciente.

Qual a função da próstata?

Como já dissemos a próstata serve ao aparelho reprodutor masculino. Ela é encarregada de fabricar uma secreção que protege os espermatozoides Este líquido que ela produz corresponde a mais ou menos 30% da quantidade que é liberada durante a ejaculação. É este líquido prostático que dá a aparência leitosa ao esperma.

Portanto é muito importante ir com frequência ao urologista para se certificar que está tudo ok com a sua próstata,  caso haja algum problema em fase inicial o médico pode recomendar Renova Prost, para resolver o problema antes que se desenvolva.

Os testículos produzem os espermatozoides que são levados (pelo vaso deferente) até a vesícula seminal. Ali se juntam ao fluido seminal que é um elemento alcalino e que representa entre 50 e 70% da quantidade do esperma.

Todo este conjunto de substâncias formam o sêmen que é liberado no momento da ejaculação.

Na hora da ejaculação, ocorre uma contração da próstata liberando o líquido prostático que se junta ao líquido seminal e os espermatozoides.

O primeiro jato de esperma é rico em líquido prostático. É o momento que os espermatozoides são mais saudáveis e ativos em condições perfeitas para fecundar o ovulo.

A função do líquido prostático é proteger o espermatozoide da acidez da vagina enquanto mantém intacto seu DNA.

Além disto o líquido prostático prorroga o tempo dos espermatozoides dando a eles mais chance de chegar ao ovulo para a fecundação.

Pela próstata passa também a uretra que é responsável de levar a urina da bexiga ao pênis.

No sistema masculino a uretra tem 2 funções: uma é de levar a urina da bexiga ao pênis no momento de urinar e outra é levar o sêmen no momento da ejaculação.

Por isso a próstata possui vários músculos no assoalho pélvico que no momento da ejaculação se contraem.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a próstata e para que ela serve!

Emagreça rápido e com saúde com estas dicas

Não aguenta mais se submeter a rigorosas dietas , suar, passar fome, colocar a saúde em risco e não conseguir emagrecer uma grama sequer? Então, você veio ao lugar certo. Confira abaixo algumas dicas para emagrecer, sem prejudicar a saúde!

Quem passou, ou está passando por alguma dieta para emagrecer, sabe muito bem como perder peso é complicado… e, não raro, após uma rigorosa dieta, os quilos perdidos são facilmente recuperados, sem dó nem piedade.

Por isso, resolvemos mostrar aqui alguns truques, dicas básicas que vão lhe ajudar a emagrecer rápido e com saúde. Confira!

Beba muita água

Você já deve ter ouvido muito que beber muita água faz bem e ainda ajuda a emagrecer, não é mesmo? E isso porque é verdade. A dica é procurar ingerir entre 30 a 35 ml por kg de peso corporal de líquidos, o que em média fica em torno de 2 litros por dia.

Consuma alimentos certeiros

Alguns alimentos não devem faltar na lista do mercado, já que muitos estimulam a queima de gordura, e estão nessa listinha o chá de hibisco, lichia, farinha de amora.

Também não podem faltar na lista do mercado aqueles que ajudam a desinchar, que são ricos em ômega 3 e ainda têm ação anti-inflamatória, como atum, salmão, sardinha, arenque, cavala, linhaça, castanhas.

Outros que são obrigatórios em qualquer lista de mercado de quem esteja fazendo dieta são os alimentos ricos em fibra, ou seja, que proporcionam maior saciedade, fazendo com que a fome demore mais a aparecer, que são as frutas, cereais integrais, como arroz, trigo, centeio, cevada, aveia, e também leguminosas como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha, sementes, como a chia, linhaça e semente de abóbora, também não podem faltar.

E não podemos esquecer de colocar na lista os termogênicos, que são aqueles alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo e, consequentemente, a queimar calorias. Dentre eles se destacam a pimenta, canela, gengibre, chá verde e café.

Invista em cardápio equilibrado

Para ter uma alimentação saudável é fundamental investir no equilíbrio de nutrientes, variando alimentos. Nesse sentido, a dica é investir em frutas, legumes, verduras, claro, complementando com leguminosas (feijão, lentilha), diferentes tipos de carnes, cereais, leites e derivados, que são grupos alimentares essenciais para uma alimentação equilibrada.

Fuja de dietas restritivas

Já está comprovado que dietas restritivas, aquelas que cortam drasticamente alguns alimentos, como carboidratos, por exemplo, tendem a fracassar depois de um tempo. É preciso haver conforto em qualquer dieta, para que possa ser adotada, ou seja, é preciso investir em uma reeducação alimentar.

A alimentação monótona e restritiva, além de ser impossível de ser seguida por muito tempo, não oferece todos os nutrientes que o corpo precisa, podendo até afetar a imunidade, deixando o corpo mais vulnerável a doenças.

Em vez disso, vale mais a pena usar um emagrecedor natural que diminua o apetite, assim você poderá continuar comendo um pouco de tudo sem passar fome, o emagrecedor Detox Caps funciona bem para este objetivo.

Aposte em chás para emagrecer

Sozinhos não fazem milagre, por outro lado, se combinados com uma alimentação adequada e hábitos corretos, os chás podem fazer maravilhas pela boa forma. Então, coloque na lista chá verde, chá preto, chá de canela, que estimulam a queima calórica, e ainda chá de hibisco, que combate a gordura abdominal.

Pratique exercícios

Comprovadamente, para queimar gordura e emagrecer é importante investir em atividades aeróbicas, como caminhadas, corridas, bicicleta, dança, natação, entre outras. E a dica é procurar complementar com exercícios de força, como musculação, pilates, que ajudam a ganhar músculos e fazer o corpo gastar calorias.

Pegue leve no sal e açúcar

De um lado temos o sal, que em excesso no organismo aumenta o risco de hipertensão, além de facilitar a retenção de líquido. Do outro, o açúcar, que se consumido em excesso se transforma em acúmulo de gordura, principalmente, na região da barriga.

Evite gordura trans e saturada

De um lado a gordura trans (encontrada em alguns biscoitos, sorvetes, bolos industrializados) aumenta o LDL (colesterol ruim para o organismo) e diminui o HDL (colesterol bom). Por outro, consumir gordura saturada (carnes vermelhas, leite integral, manteiga e queijos) em excesso provoca o acúmulo de gordura no organismo, dificultando o emagrecimento.

Devagar com a cervejinha

Se não puder evitar, a dica é ir devagar com a cerveja e qualquer outra bebida alcoólica, já que o álcool é uma substância tóxica para o organismo e o fígado dá preferência para metaboliza-lo primeiro e essa mudança no metabolismo do fígado acaba favorecendo o acúmulo de gordura no organismo.

Dicas para reduzir as varizes

As varizes incomodam muita gente, tanto mulheres como homens. Além de ser um problema estético, elas causam dores, inchaços, desconforto e outros problemas, ou seja, não é só uma questão de beleza, mas de saúde.

Neste artigo ensinamos algumas dicas para reduzir as varizes e seus sintomas, temos certeza que estas dicas simples vão poder te ajudar a reduzir elas e aliviar as dores e incômodos que causam, então continue lendo para saber o que fazer:

Massageie a área

Toda tarde ou noite (ou pelo menos duas vezes por semana), quando você chega em casa, pode fazer massagens por conta própria para ativar a circulação sanguínea.

Você pode usar óleos essenciais como lavanda, azeitona etc. para essas massagens.

Durma com as pernas levantadas

Você pode fazer isso de maneiras diferentes, por exemplo, colocando almofadas sob os calcanhares, para que suas pernas fiquem elevadas em relação ao peito.

Você também pode colocar calços embaixo dos pés da cama , na parte inferior, para descansar com as pernas mais altas que a cabeça.

Uma boa maneira de melhorar a circulação sanguínea é, portanto, levantar as pernas por alguns minutos.

Por exemplo, você pode colocar os tornozelos ou as solas dos pés na parede enquanto está sentado ou deitado no chão, na cama, no sofá, etc.

Coma melhor

É muito importante incluir mais antioxidantes em sua dieta. Dessa forma, suas veias serão mais saudáveis ​​e mais fortes.

Tente também adicionar biflavonóides que ajudam a reduzir as varizes. Eles são encontrados em frutas cítricas, como laranjas ou toranjas.

Remédios naturais para varizes nas pernas

Já aprendemos algumas dicas para melhorar a aparência de varizes nas pernas e também dissemos que a alimentação é muito importante para melhorar qualquer condição ou problema.

Chegou, portanto, o momento de entender quais são os melhores remédios naturais para combater varizes nas pernas:

Varigold

O Varigold funciona porque já foi testado e aprovado por milhares de mulheres, então se você quer comprar um bom produto para varizes, este é o melhor, com certeza!

Mirtilos e Cranberries

Eles têm muitas propriedades úteis para melhorar a qualidade e a circulação do sangue, de fato são vasodilatadores, anti-hemorrágicos e, além disso, fortalecem as paredes das veias.

Além do mais, essas frutas são ricas em biflavonóides. Tente comer pelo menos um soco por dia, naturalmente ou na forma de suco ou em saladas.

Calêndula

Esta planta tem inúmeros benefícios para a pele e também para a nossa saúde interior.

Melhora o tônus ​​das veias e evita que elas enfraquecem com o tempo e devido a maus hábitos.

Repara tecidos danificados, é um anti-inflamatório e reduz o inchaço.

Você pode comprar um creme natural à base de calendula e aplicá-lo nas pernas todas as noites antes de dormir.

Evite estes alimentos pra não ter celulite

Se você deseja que a pele das pernas e nádegas pareça macia e suave, observe os alimentos que você deve evitar para evitar o aparecimento e a formação de celulite.

A celulite é uma inflamação do tecido celular que está sob a pele, especialmente nas coxas, nádegas e abdômen, que afeta 99% das mulheres.

Esse problema nem sempre está associado ao excesso de peso, pois também é sofrido por pessoas magras. A dieta tem um papel importante em sua produção, portanto, preste atenção aos alimentos que você deve evitar para combater a celulite.

Doces e Guloseimas

Comer doces em excesso favorece a formação de celulite . Isso se deve ao fato de o consumo desses alimentos favorecer o aumento do tecido adiposo, devido ao seu teor de açúcar e gordura trans, que causam o desenvolvimento de processos inflamatórios. Por esse motivo, ele foge de doces, principalmente da padaria industrial.

Junk food

Hambúrgueres, batatas fritas, cachorros-quentes, pizzas e outros tipos de junk food contêm gorduras trans, açúcares, farinhas refinadas e sal que você deve evitar a todo custo. Além dos riscos para a saúde em geral, também favorece a inflamação , portanto evite-a se você não quiser que a celulite apareça ou piore.

Sal

O excesso de sal pode ter consequências para a sua saúde e uma delas é a retenção de líquidos, o que favorece a formação de celulite. Não consuma mais de 1,5 gramas de sal por dia e a pele das coxas e nádegas agradece.

Refrigerantes açucarados

Refrigerantes açucarados contêm uma grande quantidade de açúcar que favorece a aparência da celulite. Substitua-os por água o máximo possível e, se preferir, também pode tomar chá frio, café preto com gelo ou sucos naturais (sempre sem açúcar).

Farinha refinada

Os doces, bolos e pães industriais, massas e outros alimentos que ingerimos todos os dias são feitos com farinha refinada, com alto teor de leveduras difíceis de digerir e não recomendadas para o corpo. Para combater a celulite, é melhor consumir produtos integrais com farinha integral.

Molhos industriais

Molhos industriais, como ketchup, mostarda, maionese ou molho barbecue, são carregados de açúcares e gorduras que favorecem a formação de celulite. Substitua-os por molhos caseiros por ingredientes naturais.

Alimentos naturais para prevenir a impotência

Um dos problemas mais comuns no sexo é a disfunção erétil . Pode haver várias causas pelas quais você é complicado de manter uma ereção , mas uma das mais comuns é a alimentação .

O urologista Jamin Brahmbhatt explicou ao site Men’s Health que alguns dos menores vasos sanguíneos e nervos são encontrados no pênis  e se você comer junk food diariamente, eles podem ficar entupidos com gordura e colesterol.

Uma vez coberto, o fluxo sanguíneo para o pênis será obstruído e impedirá que você mantenha uma ereção . Então, se você não quer complicações, mostraremos alguns alimentos naturais que ajudarão você a melhorar sua vida sexual e evitar a disfunção erétil.

DICA: para ter ereções mais duradouras e evitar a ejaculação precoce recomendamos usar o V8 Big Size 15 minutos antes de ter uma relação sexual.

Café

Um estudo da Universidade do Texas descobriu que a cafeína ajuda as artérias do pênis a relaxar, aumentando o fluxo sanguíneo, semelhante ao que os medicamentos para disfunção erétil fazem.

Refeições de vitamina D

Pesquisadores austríacos descobriram em um estudo que a vitamina D aumenta os níveis de testosterona (o hormônio que faz você querer fazer sexo ). A pesquisa indicou que baixos níveis dessa vitamina podem aumentar o risco de disfunção erétil , por radículas livres que diminuem o óxido nítrico no organismo, responsável pelo controle da função dos vasos sanguíneos. Dr. Larry Lipshultz disse à Men’s Health que, sem vitamina D, os vasos sanguíneos não poderão relaxar e complicar a passagem de sangue para o pênis, causando problemas com ereções.

Entre os alimentos ricos em vitamina estão salmão, gema de ovo e leite fortificado. Amêndoas, nozes e pistache Além de ser um lanche saudável, amêndoas e nozes são uma rica fonte de gorduras saudáveis. Por sua vez, os pistácios possuem uma grande quantidade de aminoácidos que aumentam o óxido nítrico. Um estudo da Turquia revelou que comer cem gramas de pistache por dia durante três semanas mostra melhorias na função erétil , orgasmo , libido e satisfação sexual, graças ao “bom” colesterol.

Frutas

Uma investigação de Harvard descobriu que homens que comiam frutas ricas em flavonóides (mirtilos, morangos, maçãs e frutas cítricas) tinham um risco menor de disfunção erétil , à medida que relaxavam os vasos sanguíneos.

Dieta mediterrânea

Homens que preferem a dieta mediterrânea – cheia de legumes, grãos integrais e azeite – têm um risco menor de ter problemas com suas ereções . Segundo os cientistas italianos, isso ocorre porque comer mais alimentos ricos em fibras e antioxidantes pode ter propriedades anti-inflamatórias, o que melhora o fluxo sanguíneo. Além disso, os homens que comem muitas gorduras monoinsaturadas incluídas em peixes e nozes também apresentam os mais altos níveis de testosterona .

Alimentos ricos em vitamina C

Comer espinafre, pimentão e pêssego pode melhorar a qualidade do seu esperma em 15%. Um estudo da Universidade do Texas revelou que esses alimentos aumentam a contagem de espermatozóides e os tornam mais ágeis e fortes.