O que você deve saber antes de contratar um seguro viagem

É preciso se preparar para pôr o pé na estrada, por isso veja quais são as coisas que você deve saber antes de contratar um seguro viagem e não ficar desamparado quando precisar.

Se está fazendo as malas, não pode esquecer de sua proteção enquanto estiver fora. Antes de sair contratando qualquer serviço veja as coisas que você deve saber antes de contratar um seguro viagem.

Muita gente acha que seguro viagem tanto faz e que o do cartão crédito já é suficiente para ir para o seu destino e ter todo o suporte que precisa em casos de imprevisto.

Se não quer ser surpreendido de forma negativa, então é bom se informar com antecedência e evitar ter de gastar dinheiro extra.

Coisas que você deve saber antes de contratar um seguro viagem

  1. Como funciona o seguro viagem

O seguro viagem é uma assistência ao viajante e pode oferecer serviços de suporte como ajuda para localizar bagagem extraviada, orientação em casos de perda de documentos e reembolso de despesas médicas. Nesse último caso, a pessoa arca com os custos e depois solicita o reembolso até o limite estipulado.

Esse é um serviço temporário que pode ser contratado para viagens nacionais e internacionais e suas regras são estabelecidas em contrato entre as partes.

  1. Considerações na hora de contratar

Existem diferentes tipos de produtos ofertados como seguro viagem e a diferença entre eles está basicamente nas coberturas ofertadas e valores.

Antes de fazer a adesão sempre indicamos que faça uma cotação de valores para ter acesso a diferentes propostas e assim comparar o que cada uma oferece e os valores que cobra.

Compare essas informações e veja qual atende as suas necessidades e oferece melhor custo-benefício.

  1. Exigências do local visitado

O seguro viagem não é apenas uma segurança para o passageiro. Em alguns locais, como em países da Europa, é uma exigência.

Veja se é preciso ter um seguro viagem no local para onde está indo e quais são as exigências, por exemplo, se existe um limite mínimo de cobertura para as despesas médicas.

  1. Como funciona o atendimento

É necessário saber como a seguradora irá lhe atender casos precise usar o seu seguro viagem. Veja se é fácil contatar a empresa de qualquer lugar e a forma de atendimento prestado.

Muitas vezes isso ocorre por telefone e existem empresas que disponibilizam o atendimento em português, o que pode ser vantajoso para quem não fala outro idioma.

Já tem uma relação das coisas que você deve saber antes de contratar um seguro viagem, por isso, sua escolha será muito mais acertada e sua viagem pura diversão.

Gostou? Aproveite para ver esse vídeo sobre o assunto:

3 melhores livros de terror de 2018

Você é o tipo de leitor que não foge de história amedrontadora? É fã dos monstros e seres perturbados? Separamos para você uma lista com os melhores livros de terror de 2018.

A melhor sensação de se deleitar nas páginas de um bom livro de terror é o medo que ele traz. Não existe a mesma emoção se a brochura não tiver a capacidade de nos colocar em uma atmosfera de temor. Infelizmente não são todos os autores – ou obras – que são capazes de mover o leitor por momentos de pânico.

Essa classe de temas é muito popular por efetivamente causar diversas emoções em que lê. Para que você não acabe por escolher uma peça desagradável, separamos uma lista de sugestões com os livros mais vendidos de terror e considerados os melhores de 2018:

  1. Hellraiser: The Toll 

Hellraiser: The Toll , é o mais novo romance escrito por Mark Alan Miller. Pensando na franquia Hellraiser,esta obra funciona como uma ponte entre The Hellbound Heart e os Evangelhos.

No livro, o autor traz de volta a figura de Kirty Singer. Após ter fugido do sacerdote do inferno, ela muda de visual, de nome, de vida. Mesmo assim, ela vive perto de sua antiga residência com a ideia de ser mais efetivo se “esconder a vista”.

Após receber uma carta de um professor de teologia, ela visita sua antiga morada e depois uma ilha onde se encontra um portal para o inferno. O livro vai levar a um confronto entre a protagonista e o The Cold Man.

Esse é um livro interessante para os fãs de Hellraiser, porém ele não foi escrito pelo criador Clive Barker.

  1. Dracula: Rise of the Beast

Um dos mais lendários monstros retorna nessa obra de David Thomas Moore. O Conde VLad, conhecido pela alcunha de Dracula, desde o livro de Bram Stoker mostra outra faceta.

Em princípio é feito o retrato de uma grande líder que se devota ao país e ao povo. Mas, como esse homem se tornou um monstro?

Após mais de um século da morte do vampiro, descendentes começam a reunir dados históricos para entender o que acontecem com o Dracula. 

  1. Candyman 

O livro proibido do aclamado escritor de terror Clive Barker é uma das grandes histórias para esse ano de 2018. A obra que já virou filme chega para alegrar aqueles fãs do autor e amantes de outras brochuras, como Hellraiser.

No livro, lendas urbanas podem ser reais, e assassinatos não solucionando são atribuídos a uma criatura denominada Candyman.

Você pode saber mais sobre os melhores livros de terror 2018 abaixo: